Olá gente! Então, eu li a seleção! (capa linda).


Nome: A Seleção
Autor(a): Kiera Cass
Páginas: 368
Editora: Seguinte
Avaliação: 3/5


Sinopse: Para trinta e cinco garotas, a Seleção é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças de dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e jóias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. 
Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. 
Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.


História >> 
Bem, como devem ter visto na sinopse gigante, esse livro tem como protagonista a America Singer, que participa da seleção, onde 35 garotas disputam a mão do príncipe Maxon e também a coroa do reino. A história se passa nos EUA depois da 4ª guerra mundial. Sinceramente eu achei que a história seria um pouco mais "animada". No meu ponto de vista, ela foi bem parada. Se resumiu a troca de vestidos, encontros no Salão das mulheres e encontros com o príncipe. Por mais que existam ataques de rebeldes, não me chamou atenção. 

Não foi arrastada, pelo contrário. Eu só achei um pouco parada. Romance a todo o momento. Um triângulo amoroso na verdade. Talvez seja esse o motivo, não curto histórias com muito romance. Pelo que li, os outros livros vão ser a mesma coisa, pois a seleção não acabou, apenas diminuiu a quantidade de garotas. Não sei se vou continuar.

Tem um momento em que a autora explica como funciona o país e o porquê das castas e tudo mais. Achei uma explicação bem resumida. Eu gostaria bem mais se ela aprofundasse nisso. Ficou uma coisa vaga, explicada em apenas 3 páginas.

Por mais que tenha sido achado parada, muitas das meninas que leram acharam a história linda, já os meninos não. (no geral). Foi aí que concluí que o público-alvo realmente são meninas. Não que seja exclusivamente esse o público, mas agrada mais as garotas. Enfim, não me chamou a atenção o tanto quanto gostaria. Me diverti com várias partes, e pela curiosidade de saber como termina, mas nada que me chamasse para o outro livro. Por isso 1 ponto  para História.


Escrita >>
Gente, a escrita da Kiera Cass é incrível, li o livro em 2 dias sem me cansar. Ela descreve os fatos de um jeito bem simples, tornando a leitura bem fácil, rápida e muito agradável. Perfeito para aquela ressaca literária. A personagem principal é a narradora. Bem chatinha ela, mas nada que atrapalhe a leitura.

Por mais que a história tenha sido parada, a escrita contribuiu bastante para a agilidade da leitura. O que seria uma combinação incrível se a autora escrevesse uma história que me chama a atenção. Kiera está de parabéns, adorei a escrita. Simples e rápida. Espero que ela escreva outros livros de gêneros diferentes. 2 pontos sem dúvida alguma para Escrita.

________________________________________________________________

Sinto muito, eu tentei ao máximo gostar da história, mas não conseguir. É divertido, você lê e quando percebe o livro já está acabando, mas não me surpreendeu e não deixou curioso para as continuações. O gênero é distopia, tem a coisa do pais destruído e da divisão das castas depois da guerra, mas sinceramente eu acho que é um romance. 

Eu já havia citado aqui que não gostava de romances, são poucos os que me agradam. Talvez esse seja o motivo, talvez não, mas eu não gostei tanto o quanto achei que iria gostar.

Não tenho vontade de continuar a leitura. Mas nunca se sabe. Muita gente gostou, quem sabe você não goste também? Leia, nunca é perda de tempo! Principalmente você menina que gosta de romances com príncipes e princesas.

E vocês? Já leram? O que acharam da história e da escrita? Vamos conversar! Deixe nos comentários (Dê preferência ao sistema do Blogger) o que achou! Respondo o mais rápido possível!

Então é isso. Espero que me entendam. Vou ver se posto mais alguma coisa hoje.

Até mais! :)