Nome: Todo Dia
Autor(a): David Levithan
Páginas: 280
Editora: Galera Record
Avaliação: 5/5

Sinopse: Todo Dia - Neste novo romance, David Levithan leva a criatividade a outro patamar. Seu protagonista, A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Depois de 16 anos vivendo assim, A já aprendeu a seguir as próprias regras: nunca interferir, nem se envolver. Até que uma manhã acorda no corpo de Justin e conhece sua namorada, Rhiannon. A partir desse momento, todas as suas prioridades mudam, e, conforme se envolvem mais, lutando para se reencontrar a cada 24 horas, A e Rhiannon precisam questionar tudo em nome do amor. 

Gente... QUE LIVRO! Nunca li nada parecido! Entrou para a lista de melhores de 2015 e está no topo da lista de livros favoritos! Sério... vocês precisam ler! Vamos para a resenha... tenho muita coisa para falar *_*

O livro nos apresenta a vida de "A" , que é uma consciência que durante toda a sua vida, todos os dias, amanhece em um corpo diferente. Menino ou menina, alto ou baixo, negro ou branco, nada disso importa para "A" , aparência não importa. "A" tem para si mesmo algumas regras, interfere o mínimo possível na vida de quem ele está vivendo por um dia e também não se apaixona, até que, ele acorda no corpo de Justin, que tem uma namorada muito bonita, gentil, sensível e companheira. Acessando rapidamente os pensamentos de Justin, ele percebe que o rapaz não é muito legal com ela. Aqui começa o enredo do livro mais incrível que já li.

Nesse dia juntos, ele vai percebendo que a Rhiannon é a pessoa que ele sempre quis. A regra de não se apaixonar acaba de ser quebrada. O dia chega ao fim e ele tem que trocar de corpo. Assim que amanhece em outro corpo, ele resolve procurar por ela. A partir daí, descobrimos juntamente com eles e várias pessoas o quão longe o amor nos leva.

Durante todo o livro, várias situações são apresentadas para o leitor. O autor soube muito bem como retratar cada tipo de pessoa, mostrando exatamente como funciona o dia delas, com  o que cada uma precisa conviver diariamente. Juntamente com "A", nós sabemos como é sentir na pele os sofrimentos e prazeres das pessoas.

Durante cada situação que é nos apresentada, o autor faz uma reflexão com os pensamentos e a experiência própria de "A". Textos lindos com críticas muito bem elaboradas sobre a vida de cada um. Ninguém melhor que "A" para nos contar como é ser um(a) homossexual, um(a) dependente químico, um(a) deficiente e as várias outras situações cotidianas na vida dessas pessoas . Esse livro vai abrir a sua mente para muita coisa. É um livro que deve ser levado para a vida, um livro que devemos lembrar. Todo Dia.

Há pouco menos de um ano, eu vi um vídeo da minha querida Tatiana Feltrin comentando sobre esse livro. Apenas a sinopse e o vídeo dela foram o suficiente para me chamar atenção. Fiquei realmente muito interessado. Passei quase 10 meses procurando pelo livro, tempo em que li diversas resenhas falando super bem, o que me fez procurar-lo ainda mais. Estava com expectativas altíssimas, e durante a leitura, não houve um momento em que eu me decepcionasse, Levithan soube perfeitamente como incluir um romance lindo em um livro com temas tão sensíveis. A criatividade dele é indescritível, fiquei impressionado como ele conseguiu construir um texto tão bonito sem deixar a escrita parada, cansativa  e chata. O talento que o autor tem é digno de ser aplaudido de pé! Sem nenhuma dúvida é a melhor história que já li. 

Não sei se vocês lembram, mas nenhum livro havia conseguido me fazer chorar.  Esse conseguiu... Durante a leitura fiquei emocionado com muita coisa, mas o final foi fatal ao  meu emocional. Não vou entrar em detalhes porque eu tenho certeza que vocês vão ler esse livro. 

Não é um livro com historinha feliz. É um livro que vai abrir sua mente para muita coisa, vai te fazer rir, chorar, se surpreender de várias formas. Só peço que, quando forem ler, tomem cuidado com o momento que vai iniciar a leitura, os adolescentes da história passam por todo tipo de situação.

Todo dia vai elevar a sua mentalidade a outro patamar. Com toda a certeza, desse livro você vai tirar muita coisa boa, basta interpretar de forma correta. Há muito para ser falado desse livro, mas para não correr risco de deixar algum spoilers, é aqui que eu termino a minha resenha. É aqui que eu deixo claro: Todo Dia é O LIVRO.


________________________________________________________________

Até hoje, não vi nenhuma resenha negativa desse livro, e olha que foram muitas que vi/li. Não é um livro que deve ser lido por todas as idades e por todas as pessoas, uma má interpretação pode ser ruim. É uma leitura que todos deveriam ter acesso sim, mas na época certa. É um livro Jovem Adulto, portanto crianças, quando tiverem uma idade maior leiam, tenho certeza que vão gostar. Espero que um dia esse livro passe a ser estudado nas escolas, merece ser conhecido por todos!

Se você ainda não leu e ele está estacionado na sua estante há algum tempo, por favor, comece agora, você não vai se arrepender.

Ainda estou bem pensativo... gente que livro incrível! Acho que vou começar a reler agora haha'

Bem gente, é isso. Queria ter falado mais, realmente não dá, assim que vocês terminarem a leitura, me mande um tweet ou comente aqui o que achou. Espero que tenham gostado da resenha, e espero que gostem do livro.

Até mais!

Siga nossas redes sociais e fique por dentro de tudo! Agradeço desde já!