Nome: A Playlist de Hayden
Autor(a): Michelle Falkoff
Páginas: 288
Editora: Novo Conceito
Avaliação: 4/5


Sinopse: A Playlist de Hayden - Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente

Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava.

A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.


Olá leitores, tudo bem?
A resenha da vez é a do livro A Playlist de Hayden que foi enviado para mim como cortesia. Vamos lá!

Já no início do livro, descobrimos que o Hayden, amigo do Sam, cometeu suicídio.(Calma, isso não é um spoiler). A história do livro vai girar em torno disso. Como o Sam vai lidar com a morte do melhor amigo, em saber o porque ele se matou e descobrir o que a playlist deixada por ele tem a ver com aquilo tudo.

O Sam, passa a escutar a playlist a partir daí. Cada início de capítulo tem uma música para nomeá-lo, ideia bem interessante, os títulos das músicas se encaixavam com o que se passava no capítulo. Depois de algum tempo, ele começa a tentar lembrar o que aconteceu, que é quando começamos a entrar de verdade no universo da história. 

Algumas personagens vão aparecendo de acordo o livro vai se desenvolvendo. Alguns deles até que são importantes para entendermos tudo. Mais para a frente, algumas coisas acontecem e deixam a história um pouco mais interessante. A partir desse ponto, eu li o livro até o fim sem parar, precisava saber o final logo.

A escrita da autora ajudou e muito. Bem simples e casual, mas, algumas coisas poderiam ter sido usadas a favor da trama, por exemplo a Playlist, que serviu apenas para nomear os capítulos e descreverem um pouco a situação do momento. Eu, teria gostado mais se a autora tivesse usado músicas para deixar pistas para que o Sam resolvesse o mistério sozinho. Ele comenta sobre algumas delas, mas fala apenas que "a música é triste e monótona" e que "estranho o Hayden escutar músicas assim". Realmente, deixa uma certa dúvida, mas uma utilização melhor desse item seria mais interessante.

Para uma autora que está entrando agora no mundo da literatura, que é o caso da Michelle, está muito bom. Não estou aqui para julgar nada, apenas transmito a minha opinião sobre o que leio. Ela soube muito bem como conduzir o leitor do início ao fim sem perder o fio da meada. Chegou no final e resolveu tudo de uma forma bem interessante. Não foi totalmente imprevisível, mas deixou uma sensação de "nossa...então foi isso".

O livro trata de temas bem interessantes, como o bulllying, suicídio e o amor. Assuntos bem delicados,mas foram bem retratados.

Falando do final, eu gostei, não foi como e esperava, mas também não foi ruim. Eu não sei o que se passa na cabeça de uma pessoa que quer se suicidar, mas eu achei o motivo do Hayden bem estranho. Tudo bem, ele sofria bullying e aconteceu muita coisa...enfim, mas achei a justificativa um pouco sem fundamento.

A Playlist de Hayden é um livro que vai tratar de temas delicados, mas vai te divertir. O mistério presente nas páginas é ótimo para te fazer querer ler mais. Não é um livro que vai agradar a todos, mas mesmo assim eu recomendo. Senti falta de algumas coisa, mas não deixa de ser uma boa leitura.

Antes de terminar, uma dica. Escute as músicas e leia ou traduza as letras para entrar ainda mais na história, fica bem mais interessante e interativo :)

Espero que tenham gostado da resenha. Um abraço para o pessoal da editora Novo Conceito que me enviou a cortesia! Já leu? Pretende ler? Deixe nos comentário o que achou, vamos conversar :)

Até mais!

Siga nossas redes sociais e fique por dentro de tudo! Agradeço desde já!