Outro Dia

Nome: Outro Dia
Autor: David Levithan
Editora: Galera
Páginas: 322
Avaliação: 4/5

Sinopse: Um dos mais inovadores autores de livros jovem adulto e o primeiro a emplacar uma trama gay na lista do New York Times, David Levithan retoma a sua mais emblemática trama em "Outro Dia". Aqui, a já celebrada — com várias resenhas elogiosas — história de "Todo Dia" é mostrada sob o ponto de vista de Rhiannon. A jovem, presa em um relacionamento abusivo, conhece A, por quem se apaixona. Só que A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Mas embarcar nessa paixão também traz desafios para Rhiannon. Todos eles mostrados aqui.


Olá leitores e leitoras, tudo bem?

Estou tão feliz que FINALMENTE me curei daquela ressaca literária adquirida em 10x sem juros no carnaval e terminei um livro \o/ 
Desde então voltei a ativa e pretendo postar pelo menos 2 resenhas de livros por mês! (Quem sabe mais...) 

Vamos lá! Já perdemos muito tempo...

Este livro vai nos mostrar o ponto de vista da Rhiannon da incrível história do Todo Dia (resenha aqui), onde tem essa espécie de consciência que se chama A. Todo dia, A aparece em um corpo diferente. Essa é a sua vida, todo dia pega emprestado a vida de alguém. Um certo dia, ele aparece no corpo de Justin, o namorado da Rhiannon. O livro começa aqui, onde a garota percebe que o namorado está totalmente diferente do normal.

Depois que ela entende tudo o que está acontecendo, eles passam a se encontrar e tentar acham uma forma de ficarem juntos. Mas o diferencial desse livro e que não temos contato com o dia a dia de A e sim da garota que leva uma vida normal, porém bem difícil. Desde o livro original que nós percebemos que ela tem um relacionamento abusivo com o namorado, e isso é um dos vários temas retratados no livros.

Antes de começar a leitura, eu já sabia que eu não me surpreenderia tanto como foi com o "primeiro", afinal é apenas outro ângulo da trama, mas eu confesso que esperava um pouco mais. Devemos levar em conta que dessa vez acompanhamos a vida normal da menina, e não mais as várias vidas do A.

O livro se desenvolve muito bem. Mesmo já tendo uma ideia básica do que vai acontecer, o depois de Justin e tudo o que o A deixou para trás, de certa forma, é algo bem novo. Fiquei bem empolgado de ver como a Rhiannon se sentiu enquanto toda essa loucura de amor acontecia.

Já nas primeiras 50 páginas, percebemos claramente que ela sofre e muito na mão do namorado. O desespero dela é tão grande que ela chega a aceitar que os outros passem por cima de todos os seus sentimentos. Isso me irritou um pouco. O autor quis mostrar que ela não tem uma vida tão fácil quanto parece e que o relacionamento abusivo é algo que existe e deve ser tratado com delicadeza, mas a Rhiannon é de um nível que eu cheguei a ficar com raiva.

O autor em várias páginas faz com que ela se sinta culpada o tempo todo. Outra coisa que ela faz muito é saber qual a resposta grosseira do namorado, mas mesmo assim ela pergunta. Chegou a um ponto em que eu fiquei com raiva da ingenuidade dela.

E é claro, já era de se esperar as várias críticas sociais. Coisas como a aparência não importa, devemos nos importar apenas com o interior. A diversidade. Não importa se é homem ou mulher ou seja o que for, o amor existe e é isso aí!

O livro se desenvolve muito bem, te leva até o final bem rápido. A escrita do autor é um plus! Ele tem um dom de conseguir escrever os sentimentos em forma de palavras, admiro muito esse talento dele.

Muita gente, assim como eu, ficou bem ansiosa para ver como foi o final ao ponto de vista dela, afinal, o Todo Dia deixou em aberto o que aconteceu. Nesse aqui nós conseguimos entender melhor o que acontece, mas o autor fez uma coisa na última página que me preocupou um pouco. Sim, ele deixou um gancho para uma continuação...

Quando terminei de ler eu fiquei imaginando o que mais poderia vir disso tudo... Olha, eu não sei se seria uma boa ideia, a história pode vir a se tornar algo repetitivo. Só nos resta esperar =D

No geral, esse é um livro que vai matar a saudade dos leitores apaixonados por Todo Dia como eu e que é sim muito importante. Não vai te cansar e te deixar com sensação de "já li isso antes", é praticamente um novo romance. Eu não recomendo começar por esse, talvez a experiência seja mais surpreendente de quem já leu o Todo Dia, mas é muito mais interessante ler o original primeiro, que... né? Vamos combinar aqui que é incrível <3

Então é isso! me desculpem pela demora de postar resenhas, a ressaca só passou agora... acho até que perdi o jeito haha'
Espero que tenham gostado! Deixe nos comentários o que achou e se já leu ou gostaria de ler!

Até mais!


Siga o blog no Google Friends Connect e as redes sociais para ficar por dentro de tudo que acontece por aqui! Muito obrigado pela visita! 


Blog Literando || Facebook || Twitter  || Instagram || Skoob || Snapchat - vitorlpb